STOCK CAR

Vivacqua termina os 500 km da Porsche Cup no top 10 em Interlagos

No último sábado, Thiago Vivacqua concluiu sua primeira temporada completa na Porsche Cup Endurance Challenge, participando da corrida de 500 quilômetros em Interlagos. O piloto garantiu a décima posição na última etapa do ano, em uma corrida marcada pelo calor intenso na capital paulista.

Iniciando a prova a partir do 14º lugar no grid, Thiago Vivacqua teve um começo promissor, realizando ultrapassagens impressionantes nas cinco primeiras voltas e ocupando o 11º lugar. Enfrentando problemas com o alarme de temperatura do carro, o piloto demonstrou habilidade técnica para manter sua posição até o pit stop, que ocorreu na volta 25.Posteriormente, Rodrigo Mello assumiu o volante do carro #29, alcançando novamente o 11º lugar após uma ultrapassagem bem-sucedida no “S” do Senna. Com um ritmo consistente, ele conquistou a décima posição na 36ª volta.Thiago Vivacqua voltou ao cockpit na volta 42, mantendo-se no 11º lugar. Apesar do asfalto escaldante, com temperatura superior a 50°C, o jovem piloto continuou exibindo um ritmo sólido. O acionamento do safety car ocorreu oito voltas depois, devido a um acidente de um concorrente.Após a relargada, Thiago evitou incidentes, subindo para o nono lugar e conquistando cinco posições na corrida até a volta 57, quando encerrou o primeiro segmento da prova.A corrida transcorreu sem grandes contratempos, com Rodrigo Mello retornando à pista e entregando o carro #29 na décima posição. Thiago Vivacqua manteve um ritmo sólido, e na abertura da volta 85 já ocupava a nona posição.Na volta 96, durante outra parada nos boxes, Rodrigo Mello assumiu a responsabilidade de levar o carro até a bandeira quadriculada, assegurando a décima colocação.Ao comentar sobre a corrida, Thiago afirmou: “O campeonato é uma jornada de construção, conhecendo-nos e evoluindo ao longo da temporada. A prova de hoje foi desafiadora devido à distância e à temperatura que afetou os carros. Tive que lidar com problemas de temperatura e desgaste dos freios durante a corrida.””Mesmo assim, estou feliz por terminar entre os 10 melhores. Gostaria de ter ido além, mas fizemos o melhor hoje. Agradeço ao Rodrigo Mello pela temporada, à INP Módulos, Colortel, GastroService e Dumato pelo apoio e pela confiança neste projeto. No próximo ano, teremos mais desafios pela frente.”Com esse desempenho, a dupla encerra a temporada 2023 da Porsche Cup Endurance Challenge no top 10 da classificação.

Related posts

Texaco tem novo rumo na Stock e terá Felipe Baptista como piloto em 2024

admin

Porsche Cup revela calendário de 2024 com etapas em Portugal e na Argentina

admin

Retrospectiva 2023: 20 fatos que marcaram o esporte a motor brasileiro e mundial no ano

admin

Leave a Comment