RANIERI VENCE O GP VIRTUAL USA 2018.

11 Nov 2018 - 21:00:58


Vinicius Ranieri a um passo do título RF1 Brasil 2018.


Vinicius Ranieri a um passo do título RF1 Brasil 2018.


Grid de largada cheio e uma primeira curva conturbada foi o palco de grandes emoções no GP de Austin que aconteceu no domingo dia 28/10.


Israel Silva da  Williams virtual largou na primeira fila como pole, ao  seu lado estava Rodrigo Figueira da Ferrari virtual. Figueira fez uma excelente largada assumindo a ponta, porém passa reto na curva 1, ao tentar retornar para pista gerou um acidente envolvendo 6 pilotos entre eles o seu parceiro de equipe Fred Fungaro que abandonou antes mesmo de completar a 1ª volta.

Jeff Guisse (Force India virtual) fez uma largada espetacular saindo de P16 para P5, infelizmente seu motor quebrou e não finalizou a corrida. Na entrevista fez a seguinte declaração:


“ASSIM QUE AS LUZES VERDES ACENDERAM , VÍ UM TÚNEL A MINHA ESQUERDA E PENSEI: É POR AQUI QUE EU VOU! GRAÇAS A DEUS DEU CERTO E GANHEI MUITAS POSIÇÕES. QUANTO AOS PILOTOS DA RF1, OS CONSIDERO COM ALTO NÍVEL DE PILOTAGEM E É PRECISO SE PREPARAR BEM PARA SUBIR AO PODIUM. VAMOS PARA EL MÉXICO, QUIERO PODIUM!”


Difícil descrever todos os momentos fantásticos de disputas e ultrapassagem que aconteceram, mas um momento da corrida foi uma viagem ao túnel do tempo reativado pela disputa entre Wesley Rocha Renault virtual X Antenor Junior da Mercedes virtual.

Em 1986 no GP da Hungria,  Piquet protagonizou sobre Senna uma manobra considerada por muitos como a maior ultrapassagem da história da Fórmula 1, Manobra descrita da seguinte forma pelo tricampeão Jackie Stewart:

“- Foi como fazer um looping com um Boeing 747.”

32 anos depois o virtual imita o real! Na curva 15 conhecida como PREMIUM, Wesley Rocha nos fez relembrar Piquet e Senna a sua magnífica ultrapassagem sobre o carro da Mercedes  garantindo o 4º lugar. Ao ser questionado pós corrida sobre a proeza Wesley respondeu.


“ ESTAVA DIFÍCIL ENCONTRAR UM ESPAÇO DE ULTRAPASSAGEM NAQUELE MOMENTO, AINDA MAIS POR SE TRATAR DE ANTENOR QUE AO MEU VER É UM PILOTO DE EXTREMA HABILIDADE. NA VOLTA 40 DA CURVA PREMIUM ARRISQUEI E FUI,  QUANDO O CARRO DESTRACIONOU E VÍ ELE A MINHA DIREITA PENSEI: FIZ MERDA! NÃO SERIA JUSTO TIRÁ-LO DA CORRIDA FALTANDO 6 VOLTAS PARA TERMINAR, MAS GRAÇAS DEUS, DE LADO E FAZENDO DRIFT CONSEGUI ME MANTER. SÓ NÃO QUERO SER CHAMADO DE PIQUET, AINDA PREFIRO SER O SENNA MESMO NAQUELA SITUAÇÃO QUE MARCOU UM DOS MAIORES MOMENTOS DA F1.”


Vinicius Ranieri venceu e passa a ter 261 pontos na classificação geral o que o coloca numa situação bem próximo de ser campeão da temporada. Ricardo Pellegrini está em segundo com 210 pontos, faltam ainda 3 etapas e 75 pontos estão abertos. Pellegrini está afastado das corridas com uma previsão de voltar para as etapas finais Interlagos e Abu Dhabi. Se Ranieri não pontuar no México e Pellegrini vencer em Interlagos teremos um final de temporada fantástico.


Destaque para Sandro Nocera da Mclaren virtual que ocupou o segundo lugar no podium rompendo assim o seu desentendimento com a equipe e seu ego. Fez questão de falar sobre a sua volta ao podium:

“O GIGANTE ESTAVA ADORMECIDO MAS ACORDOU.  P2 EM AUSTIN ME TROUXE A CONFIANÇA DE VOLTA. ESTOU A 7 PONTOS DO 3º NA CLASSIFICAÇÃO GERAL E 32 DO 2º, TEMOS 75 PONTOS ABERTOS. SE CUIDA ISRAEL TO CHEGANDO!!!”


O que não faltou nesta corrida foram pilotos brilhando, seja com vitórias ou disputas. Rominho Soares da Red Bull deu sua resposta ao chegar em P3. Um comentário maldoso no paddock diz que seu parceiro de equipe 1º piloto carregou a pontuação de construtores sozinho gerando 284 pontos. Rominho deu sua resposta da sua grandeza como piloto ao chegar em 3º e declarou insatisfeito:

“ TREINEI E MUITO E ESTAVA PREPARADO PARA VENCER. NÃO ESTOU SATISFEITO COM P3. NO MÉXICO VOU DAR MINHA RESPOSTA NO LUGAR MAIS ALTO DO PODIUM.”


A PRÓXIMA ETAPA SERÁ O GP VIRTUAL DO MÉXICO.


Assista o VT e fique por dentro de tudo o que aconteceu em Austin 2018.


 RANIERI VENCE O GP VIRTUAL USA 2018.